apresentado por

Electrolux

Homepedia
A modelo e apresentadora do “Esquadrão da Moda” dá dicas para que o consumo de roupas seja mais sustentável pa

Isabella Fiorentino revela como trazer a moda consciente para seu guarda-roupa

A modelo e apresentadora do “Esquadrão da Moda” dá dicas para que o consumo de roupas seja mais sustentável para você e para o planeta

Há segmentos da indústria da moda que vêm buscando novos meios de produção de peças, para que os looks que chegam até o nosso guarda-roupa sejam mais sustentáveis e causem menos impacto no planeta. Essa é também uma das preocupações de Isabella Fiorentino, modelo e apresentadora do “Esquadrão da Moda”, do SBT, que tem uma relação muito especial com as roupas que veste e contou ao Homepedia como mudanças de hábito e escolhas mais atentas podem levar a um consumo consciente.

A apresentadora Isabella Fiorentino segura um cabide com uma camisa.  Isabella Fiorentino, modelo e apresentadora do programa “Esquadrão da Moda”, do SBT.

Como o nosso guarda-roupa pode afetar o planeta?

A produção fast fashion e a mudança rápida de tendências leva a um novo ciclo de consumo que muda a forma como lidamos com as peças de roupa em nosso dia a dia. O prêt-a-porter chegou a um novo nível: a mesma roupa que vemos nas passarelas, logo já é vista nas postagens de influenciadoras ao redor do mundo e se torna objeto de desejo. Quem nunca ficou curioso para descobrir onde uma influencer conseguir aquele vestido lindo? Nessa hora é preciso cautela para não sair comprando tudo o que vê. Então é importante se perguntar: como posso tornar o meu guarda-roupa mais consciente?

Cada peça de roupa tem um processo de produção que pode impactar de diferentes formas no planeta, e isso precisa ser levado em consideração na hora das compras. Isabella Fiorentino conta que cada vez mais consome marcas que se preocupam com os impactos sociais e ambientais de sua produção. Segunda ela, precisamos reduzir e repensar as nossas escolhas. “Estou muito feliz em fazer parte da era da Indústria 4.0, que aplica novas tecnologias aos processos industriais, como automação de tarefas e controle de dados, que impacta também na redução de resíduos e diminuição de trabalho exploratório”, diz.

A apresentadora Isabella Fiorentino segura um cabide com uma camisa rosa

 

Para isso é preciso ficar atento aos processos de produção das marcas que você costuma consumir: leia notícias, acompanhe as redes sociais e busque informações, só assim é possível levar para o seu closet peças mais certeiras.

Como montar um guarda-roupa mais consciente?

Aquela velha história de que não dá para repetir roupa ficou pra trás. O chique hoje em dia é saber usar uma mesma peça de diferentes modos e aplicá-la às mais diversas ocasiões com sofisticação. “Sempre falo que repito roupa, gosto de pensar em novas formas de usar a mesma peça”, revela Fiorentino. Ela acredita que isso traz muito mais criatividade aos looks e ainda causa menos impacto ao meio ambiente.

A apresentadora Isabella Fiorentino segura um cabide com um vestido preto de crochê

Essa história de comprar toda hora um novo look não é mais a ordem do dia. Boas escolhas pode ser muito mais sábio para montar um guarda-roupa consciente e ainda cheio de estilo, que mostre sua personalidade. Isabella Fiorentino separou pra gente cinco peças coringas que ela acredita que valem um investimento, pois podem ser a chave para looks cheios de charme, confira:

Isabella Fiorentino indica cinco peças coringa que valem o investimento em seu guarda-roupa

 

Faça as peças do seu closet circularem!

“Doar sempre fez parte da minha vida. Fazemos isso no programa, e fazemos isso em família – somos em seis irmãos, esse conceito de compartilhar sempre fez parte da nossa educação”, conta Isabella Fiorentino. Para a apresentadora, é importante não deixar peças sem uso guardadas no guarda-roupa, tanto que ela busca um equilíbrio: quando entra uma peça nova, é hora de doar uma antiga.

Cuidado com as roupas

Mas é claro que todo mundo tem suas peças xodó no guarda-roupa e com Isabella não seria diferente: ela também tem aquelas que guarda e cuida com todo o carinho. Esse cuidado começa na lavagem e passa por todas as demais etapas nos cuidados com a roupa, seja na hora de passar e guardar. Sabemos que alguns truques são essenciais na hora de colocar sua roupa na máquina, garantindo mais durabilidade nas peças que você tanto ama.

A modelo Isabella Fiorentino abraça uma peça pela qual tem carinho

 

De acordo com ela, essas roupas com história servem de inspiração na hora de montar produções atuais. “Essas são as peças chamadas ‘vintage’: antigas, porém usadas de uma maneira nova, em looks contemporâneos”, explica.

Uma nova opção: os armários compartilhados

Segundo conta Isabella, os armários compartilhados derivam do tradicional aluguel de roupas, em que você aluga uma peça para um determinado evento, como um vestido de festa, por exemplo. “Nesse modelo de armários compartilhados, você pode alugar mensalmente um volume de roupas que pode representar seu guarda-roupas – sem dúvida é um ótimo exercício para quem gosta de inovar e não gosta de repetir peças”, explica.  

Para a apresentadora essa é uma solução a se celebrar, pois “a ideia de ‘compartilhar’ no lugar de ‘possuir’ já é uma tendência mundial, presente em outras áreas, como mobilidade urbana por exemplo – e a moda não podia ficar de fora!”. 

Roupas sociais em cabide sob arara

Mudanças de hábito podem fazer do seu closet um aliado do planeta

A mudança de hábitos simples pode ser a chave para um consumo mais consciente. Pesquisar e conhecer os processos de produção das roupas, por exemplo, já faz toda a diferença para que façamos escolhas mais sábias. Pensar que uma peça de melhor qualidade pode ser mais durável já é também uma atitude de sustentabilidade, pois é isso que fará, posteriormente, essas peças circularem.

Pratique essa ideia!