apresentado por

Electrolux

Homepedia
Economia de água, produtos e até de tempo podem ser aplicadas na tarefa de lavar roupa. Veja como fazer!

Guia essencial para lavar roupa com economia

Economia de água, produtos e até de tempo podem ser aplicadas na tarefa de lavar roupa. Veja como fazer!

Tão importante quanto o autocuidado e, para alguns, o cuidado com a família, é o cuidado com o planeta. O gasto desnecessário de recursos não pesa só no bolso. É essencial ter um olhar abrangente quando o assunto é sustentabilidade, pois a forma como você lava roupas também gera impacto no planeta.   

Hoje, com máquinas de lavar que usam a água de maneira inteligente, ficou mais fácil reduzir o impacto ambiental e fazer bom uso de todos os recursos, tanto de água quanto de produtos de lavagem. Aliás, você sabia que é possível fazer uso de soluções químicas ou caseiras em menor quantidade e obter resultado igual ou superior? Veja como lavar roupa com economia.

Quanto de sabão é necessário para lavar roupa?

Você sempre fica achando que colocou sabão demais ou, em alguns casos, colocou pouco e sente que não vai ser suficiente? Tanto o sabão em pó quanto o líquido,  em excesso podem resultar em manchas nas roupas. O melhor é garantir que esses produtos sejam bem diluídos antes de entrar em contato com os tecidos, pois assim você terá uma economia muito maior de produto e que não ficará devendo em nada no resultado da lavagem. Em caso de manchas, utilize o sabão líquido como um coringa, deixe agir por 5 minutos e depois esfregue suavemente.  

máquina de lavar com produtos de limpeza em cima. 

Amaciante: é preciso usar com moderação

O amaciante é o produto que serve para deixar as roupas mais macias e perfumadas, entretanto, quando usado em excesso pode deixar o tecido duro. Posto que resíduos podem danificar a peça, capriche no enxágue. Outra dica é nunca jogar o amaciante direto sobre as roupas, pois pode resultar em manchas. Use o compartimento para amaciante da sua máquina de lavar, se houver, que automaticamente o produto será despejado na lavagem no momento certo.

Soluções caseiras para lavar roupa

O mercado já disponibiliza uma ampla variedade de produtos para cuidados com as roupas, inclusive opções amigas do planeta, mas, há inúmeras vantagens em optar por soluções caseiras. Substituir amaciante por vinagre, por exemplo, pode ser menos abrasivo e o ácido acético é responsável por amaciar as peças da mesma forma.  Que tal fazer um experimento?

mesa com toalhas, prendedores e produtos de limpeza diversos

Com que frequência lavar as roupas?

Para manter a durabilidade e elasticidade do tecido não se pode exagerar. Tecidos mais resistentes, como jeans, não precisam ser lavados sempre e podem ser usados mais vezes com tranquilidade. Além do mais, você pode higienizar suas roupas com o jato do Vaporizador para Roupa (GST10), um jeito prático de ter suas roupas limpas e passadas com mais praticidade.

Jaqueta sendo higienizada com vaporizador

Usar a capacidade máxima da máquina

O ideal é que a máquina seja usada majoritariamente em sua capacidade máxima, esse esforço é muito legítimo e ecológicamente correto. Algumas máquinas já têm, inclusive, programas de lavagem que permitem economizar e fazer reúso da água. A dica é deixar acumular o máximo de roupa suja para, então, usar a máquina com capacidade total. Essa medida ajuda, também, a lavar roupa menos vezes na semana, assim você ganha tempo para outras atividades.

Máquina de lavar com porta frontal aberta mostra várias toalhas em seu interior

Reaproveitar água da lavagem para outros fins

Já pensou em reutilizar a água da máquina de lavar para outros fins? Você pode aproveitá-la para lavar o quintal, a calçada, a varanda e até molhar as plantas, isso mesmo. A partir do segundo ciclo de lavagem, a concentração da maioria dos sais mineirais está em um nível que traz benefícios para plantas, principalmente para o gramado, de acordo com especialistas.  

Mãos seguram regador que molha plantas

Ter uma atitude sustentável começa com pequenas mudanças que podem ser tomadas aos poucos na sua casa. Seja diminuindo o uso de plásticos, papéis, reaproveitando restos de comida para fazer adubo ou desperdiçando menos água, o importante é começar! Com o tempo as pequenas mudanças se tornam hábitos e tudo fica mais fácil.  

Veja mais relacionados