apresentado por

Electrolux

Homepedia
Tem livro que muda a nossa vida de um jeito incrível. Esses aqui mudaram minha visão da gastronomia

Os 3 livros que fizeram a diferença na minha cozinha

Tem livro que muda a nossa vida de um jeito incrível. Esses aqui mudaram minha visão da gastronomia

Um bom livro de gastronomia faz toda a diferença. Mas não é tão simples assim encontrar bons livros de fato. Por isso, resolvi compartilhar com vocês os três livros que mudaram minha maneira de cozinhar, me ensinaram mais do que apenas o que está escrito e que carrego comigo para onde for.

O primeiro deles – e o mais caro também! – se chama “Panificação e Confeitaria Profissionais” e é organizado pela famosa escola gastronômica francesa “Le Cordon Bleu”. Eu tenho a quinta edição e é super completa!

O livro tem mais de 700 páginas só de panificação e confeitaria. Fácil de usar, simples de se entender ao longo do livro e cheio de receitas, das clássicas até adaptações modernas. 

Esse é daqueles livros para a vida toda e recomendo o investimento para qualquer um que queria se especializar nessa área. O livro é organizado por Wayne Gisslwn e publicado pela Editora Manole.

O segundo que amo de paixão se chama “Espessantes na confeitaria – Texturas e Sabores”, de Sandra Canella-Rawls. O que eu mais amo nesse livro é que além de umas 250 receitas que tem, a autora puxa uma base científica muito bem explicada: porque as coisas acontecem, sabe? 

Ela trabalha pensando na estrutura física da receita, e não apenas no sabor (que costuma ser o principal, sempre). Ela argumenta que sem a textura certa, sem a aparência certa, sem a cremosidade certa, enfim, sem essas características um doce que pode ser saboroso passa a ser “ruim”.

Super recomendado também. Publicado pela Editora Senac.

O último mas não menos importante é o “Na Cozinha com Nigella”, da Nigella Lawson. “Mas, Ju, dois livros super técnicos e esse agora da Nigella?” – Sim.

O que esse livro me trouxe foi uma segurança incrível em poder seguir meus instintos como confeiteira, apostando no confort food. Teve uma época em que parecia que só quem sabia as técnicas francesas podia cozinhar. E isso é bem intimidante. Eu valorizo demais as técnicas francesas, italianas, inglesas, qualquer uma, assim como eu valorizo as técnicas da minha avó, da minha mãe, da minha família. 

E foi essa segurança que a Nigella me passou: dá para cozinhar muito bem apostando e valorizando as “técnicas caseiras”. Mudou minha percepção de como cozinhar, do porquê cozinhar e recomendo demais. Você vai se encantar (e se esbaldar!) com as receitas dela. É publicado pela Editora Best Seller.

E aí, tem mais algum livro para me indicar? Amo estudar e gosto sempre de estar atenta aos novos conteúdos dessa nossa área tão incrível.

mãos abrindo livro de receitas sobre mesa polvilhada com farinha

Beijos e até a próxima!

Ju Ferraz

Publicidade Publicidade Home

Veja os últimos lançamentos para sua casa