apresentado por

Electrolux

Homepedia
Equilibrar luz e sombra e manter focos de iluminação em locais estratégicos valoriza a decoração. Veja como fa

Iluminação: 5 dicas para ambientes integrados

Equilibrar luz e sombra e manter focos de iluminação em locais estratégicos valoriza a decoração. Veja como fazer uso da iluminação na sua casa

Em busca de um melhor aproveitamento dos ambientes, tem se tornado cada vez mais comum apartamentos com espaços integrados. Nesse tipo de design, as paredes que dividem, por exemplo, a sala de estar, sala de jantar, cozinha e, dependendo do projeto, até mesmo dos quartos, deixa de existir, dando espaço à uma decoração de conceito aberto. 

Esse tipo de design traz um ar de sofisticação e modernidade para o apartamento. Além disso, a decoração da casa é um diferencial para deixar o ambiente harmonioso e aconchegante e charmoso. Dentro desse universo, os detalhes relacionados à iluminação podem fazer toda a diferença.

 casal confere papéis sobre mesa em ambiente com sala e cozinha e iluminação diversa

O motivo é que ambientes integrados pedem uma iluminação versátil, pois se em uma momento a sala é utilizada como um espaço de convivência, em outro ela pode ser utilizada como local de estudos ou trabalho. A seguir você encontra dicas úteis para aproveitar a iluminação dos espaços integrados:

Tenha pontos de luz em locais que demandam sua atenção

Não é sempre que a arquitetura do apartamento possibilita que ele tenha uma boa iluminação natural com janelas amplas. Sendo assim, se no seu apartamento há um espaço destinado a ser seu ambiente de trabalho, é importante que haja uma boa iluminação para esse ambiente, caso contrário pode ser inconveniente realizar suas atividades no local escolhido. 

 escritório em casa com iluminação direta e indireta

Procure ter pontos de iluminação geral

Escolher locais para mesclar luz e sombra é uma tática interessante para ser colocada em prática em ambientes com espaços integrados. No entanto, alguns locais da casa necessitam de pontos de iluminação geral, no qual, quando a luz está acesa o espaço todo está iluminado. Esse tipo de lâmpada pode ser entendida como a lâmpada de teto, localizada, geralmente, próximo ao sofá. 

 Sala de estar e de jantar integrada e com ampla iluminação natural

Use a iluminação para delimitar a função do espaço

Muitas casas com ambientes integrados costumam usar estantes ou outros móveis como divisórias. Colocar um ponto de luz nesse local pode ajudar a delimitar o espaço e ajudar a entender qual é a “função” daquele cômodo. 

Vamos supor que na sala exista um móvel com o intuito de demarcar o que é ambiente de estudo e de convívio social. Uma forma de auxiliar a diferenciar os espaços seria colocar uma lâmpada de assoalho próximo ao móvel. A lâmpada poderia estar próxima ao local em que há intenção de relaxar. Dessa maneira, quando houvesse o objetivo de ter um momento aconchegante, seria possível apagar as outras luzes e deixar somente esse local iluminado. 

Cozinha integrada com sala de jantar e iluminação que demarca os espaços

Tenha cuidado com lustres

A decoração de uma casa com espaços integrados precisa seguir uma coerência para que o ambiente não fique carregado. Afinal, estamos falando de um local conceito aberto. Sendo assim, se em um lado da casa há uma decoração com papel de parede de flores e próximo a ela uma decoração com outro tema, pode ser que essas duas estéticas “briguem entre si”

Esse mesmo cuidado pode ser tomado em relação ao lustre. Se em um local da casa há um lustre chamativo, mas que não conversa com o restante da decoração, ou destaca-se mais do que o restante da mobília, é melhor repensar a distribuição de luzes da casa. 

Uma saída para o lustre seria, por exemplo, colocá-lo de forma suspensa em cima de uma mesa. 

Sala que integra-se com a sala de jantar e a cozinha com iluminação direta e indireta, em clima aconchegante

Coloque luzes próximo às tomadas

Se você ainda está pensando em qual tipo de decoração é mais adequada para a sua casa, uma forma de facilitar esse processo é colocar pontos de luz próximos às tomadas da casa. Dessa maneira você consegue distribuir o conceito de iluminação da casa e evita que os fios fiquem soltos pelo ambiente/

Tenha luzes móveis

Se você busca versatilidade no momento de planejar a iluminação da sua casa, uma boa maneira de colocar isso em prática e escolher uma iluminação móvel. que pode ser obtida com luminárias ou abajures. Assim, sempre que você quiser mesclar luz e sombra em um local poderá contar com esse recurso. 

Sala de TV com iluminação aconchegante com o uso de luminárias

Crie diferentes pontos de luz

Para tornar a decoração do espaço integrado mais dinâmica é possível instalar uma série de holofotes no teto do apartamento e direcioná-los para diferentes locais da casa. A parte interessante é que, dependendo da instalação, é possível mudar a iluminação de acordo com a situação. 

Sala de TV ampla e em tons escuros com amplas fontes de luz, como iluminação indireta, luminárias e lustre grande

O que não fazer

Evite ter uma única fonte de luz na casa inteira, mas também atente-se para não ter várias e deixar o ambiente carregado;

Evite usar luzes coloridas, opte pelas brancas para que a iluminação não roube a cena do cômodo;

Evite deixar uma luminária de chão próximo a um local com lustre. Essa combinação pode deixar o ambiente confuso e pesado.

Veja os últimos lançamentos para sua casa