apresentado por

Electrolux

Homepedia
Descubra como driblar a pouca metragem como um expert

6 erros mais comuns na decoração de apartamentos pequenos

Descubra como driblar a pouca metragem como um expert

Nada mais comum que entrar em um apartamento pequeno e perceber que algo não funcionou muito bem ali: o sofá parece grande demais, existe uma mesa que atrapalha a passagem ou o ambiente passa uma sensação de estar meio confuso. Afinal, a decoração de uma kitnet ou um studio de 20, 30 ou 40 m² pode dar um certo trabalho, uma vez que lidar com pouca metragem pode ser um limitador na hora de escolher os móveis. No entanto, existem alguns truques de decoração que ajudam a evitar esses e outros pequenos errinhos muito comuns que fazem com que um ambiente pareça menor do que realmente é. Confira nesta lista como evitá-los:

sala pequena com sofa cinza, mesinha lateral e quadro

1. Móveis desproporcionais

Esse talvez seja o maior problema de todos e só se resolve de uma maneira: medindo as paredes e os móveis e comparando seus números. Portanto, certifique-se de que o encosto do sofá cabe na parede que você deseja, se sua profundidade é suficiente para que ele não fique colado diretamente no que estiver à sua frente e que ele não irá barra a passagem nas laterais. O mesmo funciona para mesas, camas, armários e peças da cozinha.

Em apartamentos pequenos o ideal é que tudo seja proporcional ao espaço, então opte por mesas de 4 lugares no lugar de uma de 6 lugares, uma cama de casal tamanho padrão em vez de uma cama king size. Serão peças compactas, mas igualmente confortáveis, que trarão bem-estar e vão ajudar no quesito “apertamento”.

sala pequena com sofa cinza, mesa e cadeiras brancas

2. Disposição dos móveis

Se mesmo com os móveis do tamanho certo você ainda tem tido problemas, talvez o erro esteja na configuração deles. Outro grande desafio na decoração de apartamentos pequenos é saber onde colocar cada móvel sem que ele atrapalhe na circulação do ambiente. Teste os móveis em mais de uma posição para sentir em qual delas há mais fluidez de circulação. Identifique também o que você não precisa necessariamente, como uma mesa de centro ou uma poltrona que ocupe o meio do caminho.  

apartamento pequeno decorado com sofa cinza e plantas

3.Excesso de coisas

Aqui, a máxima “menos é mais”, de Mies van der Rohe, mestre minimalista, faz todo o sentido. Promova o desapego e descarte aquilo que está entulhado e deixa seu espaço mais bagunçado. Se você é do tipo de acumuladores natos e adora uma coleção, coloque ela em uma prateleira ou, se preferir guardar, encontre caixas empilháveis que elas irão te ajudar na organização.

aparador com quadro e objetos dourados

4.Tapetes pequenos ou grandes demais

Eles são fundamentais para a ajudar na proporção de um espaço, porque podem guiar a posição dos móveis em uma sala ou em um quarto. Para um living, por exemplo, o ideal é ter um tapete que se ajuste na largura do sofá e consiga pegar toda sua profundidade - ou vá até a metade, cobrindo a parte inferior do sofá. Um tapete muito pequeno dará a sensação de que ele está perdido no ambiente e fará com que o espaço todo fique comprimido. Já um tapete grande demais irá sobrar para os lados e pode causar tropeços dos moradores.

 sala pequena com tapete grande

5.Cortinas muito longas ou muito curtas

Assim como os tapetes, as cortinas parecem mero detalhe, mas fazem toda diferença. Se forem pequenas demais, seja nas laterais ou de cima a baixo, vão diminuir o espaço, causando achatamento nas paredes ou entre o chão e o teto. Quando longas demais, elas irão arrastar no chão e ficar emboladas na barra, também dando a impressão de que o espaço é menor. O correto é deixar 2 ou 3 cm a mais que o pé-direito, se for uma cortina de tecido e, no caso de persianas, no máximo 10 cm a mais para baixo.

apartamento pequeno com cortina de voil e tapete listrado

6.Não usar as cores a favor

Existem alguns tipos de pinturas e tons de cores que podem ajudar a aumentar seu espaço. Desenhos gráficos em diagonal é uma maneira, outra é pintar a metade de baixo da parede em um tom mais escuro que a metade de cima (foto) - ambos são truques que dão profundidade e dão a impressão de alongar o espaço.

apartamento com parede pintada ate a metadeApartamento idealizado por Matheus Ilt, com sala pintada até a metade de cinza

 

Confira 5 dicas para organização de apartamento compacto

Publicidade Publicidade Home