apresentado por

Electrolux

Homepedia
Uma cozinha não precisa ser branca sempre. Que tal inovar nas cores? Convidamos Ana Yoshida que trouxe dicas s

Cores para cozinha: veja como inovar nesse ambiente

Uma cozinha não precisa ser branca sempre. Que tal inovar nas cores? Convidamos Ana Yoshida que trouxe dicas sobre como ousar no ambiente

A cozinha sempre foi considerada o coração da casa. Hoje, há uma crescente retomada de velhos costumes, o ambiente voltou a ser um espaço de convívio social. Cozinhar é essencial para sobrevivência, mas também uma forma de acolher bem, demonstrar dedicação aos convidados e, principalmente, de autocuidado.  

Com tamanha importância para interações de modo geral, escolher cores para cozinha que remetem à personalidade dos moradores ou a mensagem que querem passar é de extrema importância. Convidamos Ana Yoshida, arquiteta com ampla experiência no assunto, para falar um pouco mais sobre isso. Confira as dicas a seguir! 

Projeto Irmão Gabriel Monteiro - Alta2 - Ana Yoshida Arquitetura (12)-1

Qual é a cor ideal para a cozinha?

A cozinha não precisa e nem deve ser sempre branca. É isso mesmo, cozinha preta, cozinha branca, cozinha cinza ou cozinha amarela, não existe certo e errado quando se trata do ambiente. Segundo a arquiteta, a cor azul está super em alta, mas “o ideal é que haja equilíbrio” e isso independe da escolha que fizer. Ana afirma que é possível brincar com as cores, mesmo que sejam cores fortes, a regra é seguir o perfil do cliente, tudo é válido desde que faça sentido para o projeto idealizado pelos moradores da casa.

montagem_Alina041-1

Definir uma paleta de cores para a cozinha é uma ótima alternativa

Já falamos sobre a importância do equilíbrio anteriormente e essa deve ser a palavra que norteia o projeto quando se fala de decoração da cozinha. De acordo com Ana Yoshida, para não virar um carnaval de cores sem sentido, o mais importante é ter “planejamento e organização visual” e casar as cores de maneira estratégica, conforme a intenção dada ao projeto. Seja com revestimento em madeira, marcenaria ou objetos, combinar tons em uma paleta escolhida pode dizer muito sobre a personalidade dos moradores ou mensagem que querem passar.

Ana Yoshida - Apto. Osasco - Alta - Sidney Doll  (90)-1

Cozinhas pequenas também podem ser coloridas

Optar por cores claras e neutras podem, sim, dar impressão de amplitude no ambiente, bem como muita informação o faz parecer ainda menor, segundo a arquiteta. Entretanto, para Ana Yoshida, é possível que a sua cozinha pequena seja colorida desde que se evite interrupções visuais, como muitas divisões, por exemplo. Uma dica extra é que os armários tenham um espaço entre si e o teto, pois também dão amplitude à área.

_MG_9447

Plantas são uma tendência, inclusive para a cozinha

Ana Yoshida demonstra grande entusiasmo com a tendência e afirma que ter uma hortinha caseira com temperos dá vida e cor à cozinha, além de ser super útil ter à mão tudo sempre fresquinho. O ambiente é extensão da área social, por isso a arquiteta reforça a importância de investir em decoração com folhas verdes e suculentas.

Projeto Irmão Gabriel Monteiro - Alta2 - Ana Yoshida Arquitetura (15)

Por fim, se a decoração da casa expressa toda nossa identidade e estilo, com a cozinha não poderia ser diferente. A cozinha deve ser um ambiente aconchegante, por isso investir em cores, nichos, móveis, eletrodomésticos e objetos é uma forma de mostrar um pouco de si e acolher melhor quem você ama.

Publicidade Publicidade Home

Mais Lidas