apresentado por

Electrolux

Homepedia
Cercado de plantas, sem cloro e outras substâncias químicas, o mergulho pode ser muito mais gostoso e divertid

Piscina natural: 5 dicas fundamentais para fazer a sua

Cercado de plantas, sem cloro e outras substâncias químicas, o mergulho pode ser muito mais gostoso e divertido em uma piscina natural

 

Para você se sentir ainda mais pertinho da natureza, há um tipo de piscina que não precisa de produtos químicos para se manter limpa. A piscina natural, também chamada de piscina biológica, recebe água uma vez e é mantida limpa com a ajuda de elementos naturais.

Além disso, pela forma como é construída, ela se integra totalmente à paisagem de forma leve, dando a impressão de que é um lago nativo. Abaixo, veja alguns projetos que selecionamos, que servem de inspiração, e dicas sobre como construir sua piscina natural.

1. Prepare o terreno para construir uma piscina natural

Primeiro, é preciso escavar o solo, retirando pedras e raízes. Depois, é aplicada uma camada de areia e a manta impermeabilizante. É preciso ter um sistema de bombeamento hidráulico para conectar as duas áreas da piscina: a de banho e a de purificação.

Piscina natural em área externa de uma casa

2. Plantas e revestimentos para piscina natural

Areia, pedras e plantas ajudam a manter as impurezas longe da água. As plantas, que são de espécies aquáticas “filtrantes”, atuam na oxigenação da água, mantendo-a livre de algas e larvas de insetos. Algumas boas opções para a sua piscina natural são a aguapé, lentilha d’água, elódea, taioba e rabo de raposa. Você pode escolher também revestir a piscina com pedras naturais.

Plantas ideiais para uma piscina natural

3. Espere um mês

Depois do processo de instalação, em cerca de um mês a piscina estará limpa pelo ecossistema e poderá ser usada. Vale lembrar um detalhe importante para alinhar expectativas: saiba que em relação aos modelos convencionais, a água da piscina ecológica pode ficar turva por causa das plantas, areia e pedras.

Piscina natural com pedras e plantas

4. Manutenção de uma piscina natural

Apesar do trabalho que dá para construir, esse tipo de piscina é simples de manter: basta fazer uma limpeza profunda em seu fundo duas vezes ao ano. E, nada melhor do que mergulhar em uma água que não tem substâncias nocivas à saúde!

Piscina natural com pedras e que d`água

5. Companhia dos peixes

O que pode ajudar neste processo de autolimpeza também são os peixes, a exemplo das carpas, lambaris, tetras e curimbas. Eles comem larvas de insetos e o limo que se forma nas paredes da piscina.

Piscina natural em um quintal de uma casa

Publicidade Publicidade Home